«

»

out 28

Ou acabamos com o lixo ou o lixo acaba conosco

Sem título

Produzimos, reproduzimos, consumimos, descartamos e não nos responsabilizamos com nossos resíduos. Onde isso vai parar?

Tempos atrás, os resíduos gerados pelo homem eram excrementos. Com o início da atividade agrícola e de produção de ferramentas de trabalho, surgiram outros tipos de resíduos. Ainda assim eram provenientes de origem natural (estacas, barro, couro, etc.). Portanto, a sua disposição no meio ambiente não causava grandes impactos ambientais. E a quantidade descartada era pequena.

Atualmente, os produtos feitos pelo homem passam por tantas transformações e são gerados em tamanha quantidade que não conseguem ser degradados em tempo hábil.

Reciclagem significa dar um novo ciclo de vida a algo que já existe. O homem se viu na necessidade de reciclar, pois os problemas gerados pelo acúmulo de lixo são muitos:
– Lixo jogado em rios ou córregos, vão se acumulando a ponto de não permitir o fluxo da água para locais onde o rio é canalizado. Isto resulta em enchentes… continue lendo >>

1 comentário

  1. Eduir .B. Pereira

    Uma cidade com 600.000. Contendo 34 pontos de comunidades. Cooperativa seria uma solução para
    transpor e triturar em uma base USINA.
    Separando 100% do reciclável. O material lixo que ocupa hoje de 500ton,
    Passaria ser de 200 a 250 ton. dia.

    Ou não chegaria neste percentual.

    Fazendo a retirada e triturando os resíduos, retirando logo que processado para as terras, não acumulando
    o compostagem, não acontecendo o chorume.

    Terras da região metropolitana, temos bassssstante.

    Obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>